For Your Consideration

21/03/2007 | Categoria: Críticas

Christopher Guest foge pela primeira vez do falso documentário e ataca os bastidores de Hollywood com acidez

Por: Rodrigo Carreiro

NOTA DO EDITOR: ★★★½☆

Em “For Your Consideration (EUA, 2006)”, o diretor, ator, roteirista e compositor Christopher Guest abandona pela primeira vez o gênero “mockumentary” (falso documentário) para fazer uma ficção normal. Ou melhor, nem tão normal assim. Na sátira mais ácida que já assinou, o cineasta reúne a trupe habitual de atores que dá as caras nos filmes dele, desta vez para mostrar como a excitação pré-Oscar pode mexer com os profissionais da indústria cinematográfica. Flertando com a metalinguagem e caprichando nas tiradas cômicas, o filme por vezes abandona o tipo de humor sutil que sempre caracterizou o trabalho do diretor, em favor de uma sátira mais agressiva e venenosa. E o resultado é ótimo.

Mais uma vez trabalhando com o co-roteirista Eugene Levy (que faz um pequeno papel no filme e é o membro mais conhecido do elenco, por causa de participações em comédias como “American Pie”), Guest injeta um sopro de renovação no próprio trabalhão ao eliminar do resultado final, também pela primeira vez, as canções e números musicais, uma tradição em filmes dele. O diretor só não abriu mão de contar com o enorme séqüito de atores que foi reunindo durante os filmes que fez desde “Isto é Spinal Tap”, em 1984. O elenco, quase duas dúzias de comediantes, faz bem ao filme, já que desta forma o cineasta pode abordar, de diversos ângulos diferentes, a forma como uma possível indicação ao Oscar interfere na trajetória de um filme, e nas vidas profissional e pessoal de todos os envolvidos com a obra em questão.

O filme dentro do filme se chama, inicialmente, “Home for Purim”. Trata-se de um lacrimoso melodrama judaico-sulista, em que uma garota retorna ao lar após anos sem contato, para rever a mãe moribunda, e precisa revelar a todos seu homossexualismo. É uma pequena produção, invisível ao radar dos grandes estúdios, mas tudo muda depois que um site de fofocas publica uma nota a respeito da possibilidade de um dos integrantes do elenco (Catherine O’Hara, hilariante) ganhar uma indicação ao Oscar. A partir daí, acaba a relativa tranqüilidade nos sets de filmagens. Entre rumores sobre possíveis prêmios para outros atores e interferências do estúdio, vemos muita guerra de egos, ataques de estrelismo e puxa-saquismo, e carreiras sendo reavaliadas.

Já a partir do próprio título original (“For Your Consideration” é o carimbo com que os estúdios marcam os DVDs promocionais, entregues a membros da Academia de Hollywood, de filmes com chances de indicação ao Oscar), fica claro que a intenção de Christopher Guest é chutar forte a canela da indústria cinematográfica, expondo sem rodeios a futilidade de todo o circo armados nos bastidores do cinema. Há cenas hilariantes, de sarcasmo implacável (a melhor delas envolve a transformação física de Catherine O’Hara à medida que o dia do anúncio do Oscar se aproxima), e a verve afiada de Christopher Guest atira para todos os lados. Do agente esperto que não vê a hora de lucrar com os rumores até os repórteres imbecis que querem aparecer mais do que os atores, sobra para todo mundo.

Apesar de distribuído pela Warner, o filme foi produzido de forma independente, e isto eliminou as chances de ele ser lançado em DVD no Brasil. Nos EUA o disco, simples, inclui um comentário em áudio com Guest e o co-roteirista Eugene Levy (que tem um pequeno papel no filme) e uma galeria com 18 cenas cortadas na edição.

– For Your Consideration (EUA, 2006)
Direção: Christopher Guest
Elenco: Catherine O’Hara, Harry Shearer, Parker Posey, Christopher Moynihan
Duração: 86 minutos

| Mais


Deixar comentário