Friends – 10 ª Temporada

21/11/2005 | Categoria: Críticas

Último ano do seriado tem boas piadas e desenvolvimento emocional das histórias dos personagens

Por: Rodrigo Carreiro

NOTA DO EDITOR: ★★★★☆

Os rumores sobre o encerramento do seriado “Friends” começaram na oitava temporada do programa. Cansaço criativo de roteiristas, produtores e atores era o motivo alegado por todos os envolvidos para o encerramento de um dos mais populares programas da TV norte-americana. Uma elevação absurda do nível salarial da equipe (cada um dos seis protagonistas passou a receber US$ 1 milhão por episódio) adiou esse encerramento, mas não foi capaz de impedi-lo. Em 2003, a décima temporada jogou uma pá de cal sobre os seis amigos de classe média que dividem o espaço de uma cafeteria em Nova York (EUA).

Os encerramentos das histórias pessoais de cada personagem são o prato principal da temporada; todos já sabiam que seria assim desde o dia em que o décimo ano foi fixado como o último da série. A caixa de quatro DVDs contendo os 18 episódios confirma isso em detalhes. No geral, a temporada é sobre despedidas. Phoebe (Lisa Kudrow) encara o casamento com Mike (Paul Rudd), Chandler e Monica (Matthew Perry e Courtney Cox-Arquette) compram uma casa e vão adotar um bebê, e Joey (Matt LeBlanc), numa jogada esperta dos produtores, resolve se mudar para Hollywood, a fim de dar uma carga extra na sua fracassada carreira de ator. As desventuras do último seriam, a partir do ano seguinte, tema de um novo seriado.

Não, eu não esqueci de Ross (David Schwimmer) e Rachel (Jennifer Aniston). Por razões diversas, os dois personagens sempre se destacaram dos demais colegas, em termos de empatia com o público. Provavelmente isso aconteceu por viverem um caso de amor mal-resolvido durante longos dez anos, assunto que as dezenas de roteiristas do programa foram hábeis em revisitar de tempos em tempos, para lembrar a audiência que esses dois foram feitos um para o outro. Sendo assim, a pergunta óbvia que todo mundo queria ver respondida ao final da temporada era a seguinte: Ross e Rachel ficam juntos?

É claro que o pacote responde a essa questão, enfocando o drama dos dois nos últimos quatro episódios do programa. Antes de chegar lá, porém, costura os dramas de cada personagem, e o fez de maneira decididamente emocional, lembrando a audiência de quando em quando que a vida dos seis amigos na TV está perto do final. Nesse sentido, merece um destaque especial a situação dramática envolvendo Monica e Chandler, carregada de uma tensão emocional muito bem vinda a uma série que é pura comédia boba. Os episódios recheados de participações especiais (Greg Kinnear, Danny DeVito) também capricham no humor.

A temporada começa em Barbados, durante um congresso de paleontologia, da maneira exata que havia terminado o ano anterior: com Ross e Rachel iniciando novos namoros. É uma excelente idéia, pois ajuda a sublinhar o tema principal da temporada, que mostra a relação entre os dois caminhando para uma cisão, ou uma união, definitiva. Por isso, um dos melhores episódios é aquele que mostra a reação de Ross quando Rachel e Joey assumem o namoro. Outro destaque bacana é o que traz Danny DeVito como um stripper à beira da aposentadoria.

O bom nível das piadas, associado ao permanente sentimento de despedida, fazem da décima temporada um programa excelente para admiradores da série. Não resta dúvida: se você ama “Friends”, vai querer ter esta temporada, mais do que qualquer outra, na estante da sala. Vale lembrar que o episódio final, duplo, pode ser adquirido em separado, acompanhando do primeiríssimo episódio da série, em um DVD isolado. Não compre os dois discos, pois vai estar levando programas repetidos para casa.

O box especial da Warner segue o padrão de design das nove temporadas anteriores, com igual número de discos (quatro), apesar da quantidade menor de episódios (são dezoito, ao invés dos tradicionais 24). Os espisódios ocupam três discos, e os extras vêm no quarto. O material especial é mais caprichado, e inclui cinco seções de gag reel (erros de gravações de cinco temporadas) com 42 minutos, além de um documentário com entrevistas dos membros do elenco (25 minutos) e três episódios comentados em áudio pelos produtores da série (sem legendas).

A trilha de áudio é Dolby Digital 5.0, e pela primeira vez vem acompanhada de trilha dublada em português (DD 2.0). Todos os episódios têm cenas inéditas acrescentadas ao escopo das histórias.

– Friends – 10 ª Temporada
Elenco: Courtney Cox-Arquette, Matthew Perry, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, David Schwimmer, Jennifer Aniston
Duração: 467 minutos

| Mais


Deixar comentário