Friends – 5ª Temporada

30/05/2004 | Categoria: Críticas

Desenvolvimento do affair entre Chandler e Monica é o maior trunfo da caixa de luxo

Por: Rodrigo Carreiro

NOTA DO EDITOR: ★★★★☆

Na quinta temporada (1998-1999), o seriado “Friends” já tinha estabelecido status de celebridade absoluta entre as séries noturnas da TV norte-americana. Isso explica porque o programa começava a sair do habitat natural, com shows especiais em diferentes locações. O episódio de abertura, por exemplo, acontece em Londres. O último, que é na verdade um programa duplo de uma hora, em Las Vegas. O orçamento do seriado começava a inchar devido ao sucesso avassalador.

Por outro lado, entrando no quinto ano consecutivo, “Friends” corria o sério risco de se tornar uma série chata ou repetitiva, se os roteiristas do programa não conseguissem encontrar um novo fio condutor para o programa. Desde o primeiro episódio, em 1994, já estava claro que o romance entre Ross (David Schwimmer) e Rachel (Jennifer Aniston) serviria para dar o tom da trama. Mas quatro anos de vai-e-vem deixam qualquer espectador de saco cheio, muito embora esse tempo todo, espremido dentro de uma caixa de DVDs, possa ser reduzido para três ou quatro noites consecutivas.

OK, mas o que importa é que os produtores acertaram na mosca nesta quinta temporada. De fato, eles aproveitaram o flerte ocorrido entre Chandler (Matthew Perry) e Monica (Courtney Cox) no último episódio da temporada anterior para criar a situação que conduz todo o quinto ano da série: o namoro às escondidas da dupla. Com isso, matam três coelhos de uma vez só – dão o devido descanso ao affair Ross-Rachel, abrem mais espaço para o personagem mais espirituoso (e um dos mais queridos dos fãs), Chandler, e jogam sal na insossa Monica.

Se você é fã dos outros quatro, não se desespere. Nesta temporada, Ross volta ao estado lamuriento de sempre, Rachel continua espevitada, Joey fica um pouco mais bobão do que no ano anterior – uma nota negativa que o ator Matt Le Blanc dribla com desenvoltura – e até Phoebe (Lisa Kudrow) ganha mais espaço, especialmente nos primeiros episódios, ainda com o barrigão e trigêmeos de aluguel a caminho.

A má notícia é uma quantidade substancialmente alta de piadas que fazem referências a episódios de temporadas anteriores. Quem não tem as outras caixas dificilmente vai entender as risadas dos fãs quando Ross junta os punhos antes de se despedir durante uma briga, por exemplo, ou o episódio em que Phoebe encontra o verdadeiro pai e ele canta para ela uma canção muito familiar aos entendidos no seriado (e completamente desconhecida para o restante do público).

Por outro lado, a Warner traz na quinta caixa os primeiros extras dignos de nota. O principal é “Aquele dos Bastidores”, um documentário de 45 minutos com entrevistas do elenco e dos produtores. Há dois outros pequenos featurettes e três episódios com comentários em áudio. Tudo isso, contudo, sem legendas. Som Dolby Digital 5.0 e um acréscimo de 3 a 4 minutos de cenas inéditas em cada episódio completam o pacote. E não custa nada avisar que as legendas em português continuam cheias de erros grotescos de tradução.

– Friends – 5ª Temporada
Elenco: Courtney Cox Arquette, Matthew Perry, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, David Schwimmer, Jennifer Aniston
Duração: 608 minutos

| Mais


Deixar comentário