Sociedade do Anel, A (Edição Estendida)

31/10/2010 | Categoria: Críticas

Caixa com quatro discos entrega filme mais coeso e traz seis horas de documentários como bônus

Por: Rodrigo Carreiro

NOTA DO EDITOR: ★★★★★

A edição estendida de “O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel” (Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring – Extended Edition, EUA/Nova Zelândia, 2001) pode parecer um mero capricho de um cineasta recém-alçado ao Olimpo de Hollywood. Para outros, não passa de caça-níqueis para arrancar mais alguns trocados de fãs cuja devoção vai às raias da loucura. Não é uma coisa nem outra. O DVD quádruplo de “A Sociedade do Anel” é um tesouro feito sob medida para espectadores interessados em detalhes.

Em primeiro lugar, é preciso enfatizar que o produto tem público-alvo bem definido: pessoas que leram os livros e compartilham com o autor, J.R.R. Tolkien, da quantidade colossal de detalhes e conexões entre personagens, cenários, raças e locais da mítica Terra-média, o continente imaginário onde a ação se passa. O disco não é recomendado a fãs ocasionais do filme. Para esses, a versão normal do longa, com seus 178 minutos, é mais do que suficiente.

A quantidade de material de bastidores presente no livro pode tranqüilamente encher todo um final de semana do fã mais dedicado. Há nada menos do que quatro comentários em áudio, com praticamente todos os nomes importantes da equipe técnica (do diretor Peter Jackson ao designer de produção, Grant Major) e do elenco (de Elijah Wood a Christopher Lee) dando informações sobre o trabalho. Além disso, o filme possui uma trilha de áudio em DTS, a tecnologia mais refinada existente na época das filmagens.

Nos discos 3 e 4 do pacote estão os documentários. São nada menos do que 17 grandes reportagens, totalizando seis horas de bastidores e acrescidos de um mapa interativo (que imita o caminho da Sociedade) e uma galeria de 2 mil fotos e desenhos de produção. O disco 3 cobre o período de pré-produção, incluindo uma cinebiografia de Tolkien (23 minutos). Os maiores destaques ficam para dois documentários que esmiúçam, passo a passo, o trabalho de desenho (41 minutos) e criação (43 minutos) das dezenas de cenários, roupas e armas de cada uma das raças existentes na Terra-média.

O disco 4 focaliza o processo de filmagem, possuindo 11 documentários ao todo. O principal talvez seja uma reportagem completa de bastidores (34 minutos), mas há vários featurettes que enfocam exclusivamente o processo de pós-produção. Existe um conjunto de três reportagens que, para mim, é o mais interessante pedaço do pacote. Juntos, eles mostram, praticamente cena a cena, como Peter Jackson e a equipe da Weta (o estúdio responsável pelos efeitos) driblaram a dificuldade de fazer atores de tamanho normal parecerem anões, utilizando uma combinação de várias técnicas diferentes. Os trabalhos de edição e retoque digital das cores do filme também ganham, cada um, um pequeno programa explicativo.

Nada disso seria útil, porém, sem os 29 minutos de cenas extras que foram incluídos no filme. Esses trechos tornam o longa-metragem (e põe longa nisso!) mais coeso. A maior parte das cenas consiste, na verdade, de extratos de diálogos entre personagens. Essas partes servem para desenvolver melhor as personalidades de cada integrante da Sociedade do Anel (exatamente o calcanhar de Aquiles do filme que passou no cinema, algo que eu já havia chamado a atenção na crítica que escrevi sobre o filme, cujo link você encontra abaixo), além de dar uma noção mais correta do longo tempo transcorrido durante a jornada de Frodo e seus companheiros.

Há alguns destaques, claro. A fantástica seqüência que flagra a Sociedade dentro das minas de Moria (para mim, a melhor de toda a trilogia) ganha alguns minutos a mais. Há uma famosa cena em que Galadriel entrega aos membros do grupo alguns presentes que, nos filmes seguintes, serão essenciais para a sobrevivência de cada um deles. A floresta de Lothlórien, aliás, é a maior beneficiada com cenas extras, tornando-se finalmente uma base importante para o grupo. Até o Conselho de Elrond, cena-chave que divide o filme em duas partes, tem enxertos (um deles mostra o mago Gandalf falando a Língua Negra de Mordor!).

A caixinha com quatro discos aportou no Brasil apenas em outubro de 2010, oito anos após o lançamento nos Estados Unidos.

– O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel – Edição Estendida (Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring – Extended Edition, EUA/Nova Zelândia, 2001)
Direção: Peter Jackson
Elenco: Elijah Wood, Viggo Mortensen, Ian McKellen, Sean Astin, Dominic Monaghan, Billy Boyd, Orlando Bloom, Liv Tyler, Cate Blanchett, Christopher Lee
Duração: 208 minutos

| Mais


Assine os feeds dos comentários deste texto


2 comentários
Comente! »