Starsky & Hutch – Justiça em Dobro

14/11/2004 | Categoria: Críticas

Ben Stiller e Owen Wilson brincam na frente da câmera pela sexta vez – e dá certo de novo!

Por: Rodrigo Carreiro

NOTA DO EDITOR: ★★½☆☆

É simples: se você gosta do estilo de comédia que fez o ator Ben Stiller conhecido, vai se divertir bastante em “Starsky & Hutch – Justiça em Dobro” (Starsky & Hutch, EUA, 2004). Este é um longa-metragem baseado em uma série de TV popular nos EUA durante o período compreendido entre 1975 e 1979, retrabalha os clichês e ícones visuais daquela época com muito cuidado e possui boas piadas. Essas duas qualidades não costumam andar juntas em comédias produzidas nos EUA, e por isso o filme está bem acima da média.

Qualquer pessoa que já tenha visto “Zoolander”, a parceria anterior entre os atores Ben Stiller e Owen Wilson, sabe exatamente o que esperar da película. Aliás, os dois parecem estar conseguindo um feito raro em Hollywood: estabelecer uma carreira bem sucedida tanto como dupla cômica (“Starsky & Hutch” é a sexta vez em que os dois aparecem no mesmo filme) quanto individualmente. Stiller, todo mundo sabe, é um dos comediantes mais versáteis do momento; também dirige filmes ocasionalmente (“O Pentelho” e o próprio “Zoolander”). Wilson tem se firmado como bom coadjuvante cômico e trabalha como roteirista, em parceria com o talentoso Wes Anderson (“Os Excêntricos Tenenbaums”).

Esse projeto em particular tem o dedo de Ben Stiller, que também assina o filme como produtor executivo. Foi dele a idéia de transpor uma das mais desconhecidas séries da TV norte-americana para a tela grande. Mas a grande sacada veio depois. Ao invés de fazer uma aventura de ação, cheia de tiros, explosões e perseguições, Stiller preferiu criar uma comédia, uma pista de testes para que a ótima química que demonstra na ela, com Owen Wilson, fosse novamente testada (e aprovada). Assim, esboçou um filme que homenageia e parodia a telessérie original, mas investindo forte numa veia cômica.

David Starsky (Stiller) e Ken Hutchinson (Wilson) são dois policiais do distrito de Bay City, em San Francisco. Ambos são desprezados na corporação, mas por razões distintas. O primeiro, temperamental e com obsessão pela ética, não é levado a sério pelos colegas. Já o segundo, chamado por todos de Hutch, é o oposto exatao: não leva o trabalho a sério. Isso significa estar sempre devendo a agiotas (crianças!), chegar atrasado quase todo dia e nunca prender ninguém. Como duplo castigo, eles recebem a incumbência de trabalhar juntos.

Logo no primeiro dia, descobrem um cadáver boiando no mar e começam a desconfiar que o rico comerciante Reese Feldman (Vince Vaugh) pode ter algo a ver com o crime. Em uma investigação paralela, os dois são avisados pelo informante Huggy Bear (Snoop Dogg) de que uma grande carga de cocaína pode estar sendo distribuída na cidade. Não é preciso ser um gênio ou um grande conhecedor de comédias do gênero para saber que os dois casos vão se cruzar em determinado ponto do enredo de “Starsky & Hutch”.

Se a história não tem muito de original, os acertos do filme vêem em outras áreas. Para começar, a fotografia de Barry Peterson repete cuidadosamente os trejeitos das telesséries dos anos 1970, incluindo até mesmo algumas cenas em que panorâmicas se transformam em zooms de forma brusca, algo muito em moda na época (confira, por exemplo, na série Dirty Harry). Os figurinos são impagáveis (o terno roxo que Snoopy Dogg usa em parte do flme ficaria perfeito no Michael Jackson da fase “Off Tha Wall”) e o uso de canções do período acerta em cheio; há músicas de Aerosmith, J.J. Cale (a óbvia mas esquecida “Cocaine”) e Neil Sedaka. Show de bola.

Além disso, há Stiller e Wilson repetindo os tipos que vêem transformando os dois em uma dupla cômica de respeito. Com muitas gags visuais (repare na “homenagem” ao clássico “Sem Destino”) e uma boa coleção de piadas (a mais engraçada delas envolve um pônei), “Starsky & Hutch” se firma como um filme inofensivo, que está longe de ser uma obra-prima, mas faz rir pela despretensão. Quando o elenco inteiro consegue passar a sensação de que está se divertindo a valer durante a filmagens, isso só pode dar em coisa boa.

– Starsky & Hutch – Justiça em Dobro (Starsky & Hutch, EUA, 2004)
Direção: Todd Phillips
Elenco: Ben Stiller, Owen Wilson, Vince Vaughn, Snoop Dogg
Duração: 101 minutos

| Mais


Deixar comentário